Nova Zelândia Brasil

Intercâmbio e Cursos para Estudar e Trabalhar na Nova Zelândia

Marlborough

A pitoresca cidade litorânea de Picton é à base da Ilha Sul para o serviço de ferry (balsa) que une as Ilhas principais da Nova Zelândia.

Durante séculos, Marlborough tem oferecido porto seguro a viajantes. Primeiro para os comerciantes Maori e destacamentos de guerra; então para exploradores Europeus, como Capitão James Cook e Dumont D’Urville; e agora para visitantes que buscam paisagens novas e experiências rejuvenescedoras.

Se você chega na região através do mar ou pelo ar, o detalhe complicado de Marlborough Sounds prende seu interesse imediatamente. A Lenda Maori descreve a Ilha Sul inteira como a waka (canoa) de Maui, naufragada em um recife durante uma expedição de pesca. O arco quebrado da canoa se tornou o canal.

Marlborough se aquece com sol durante o ano todo, provendo condições perfeitas para caminhadas, andar de bicicleta, andar de caiaque no mar e explorações em vinhedos. É uma região onde você pode escolher um tema e pode levar a cabo isto. Focalize seu itinerário em aventuras ao ar livre, vinhedos e vinícolas, artes e artesanatos, história e jardins ou atividades marinhas. Melhor ainda, misture-os e experimente um pouco de tudo que esta região bonita tem ha oferecer.

Principais Cidades de Marlborough

Picton

A pitoresca cidade litorânea de Picton é à base da Ilha Sul para o serviço de ferry (balsa) que une as Ilhas principais da Nova Zelândia. Também é o portal das atrações marinhas, florestais e da ilha em Marlborough Sounds. Construído ao redor de um harbour (porto) muito protegido, a cidade tem um atraente cais dotado com cafés, restaurantes e vários tipos de galerias. Sua população é de 3.600 habitantes, possui Centro de Visitantes i-SITE.

Blenheim

Blenheim está situada no coração da produção de vinho de Marlborough. É um das cidades mais ensolaradas na Nova Zelândia, com uma média calculada de 2,438 horas de sol por ano. Há mais de 20 vinhedos dentro de uma próxima distância da cidade, e a maioria deles recebe visitantes para provar sessões de degustação e vendas na própria adega. Ande de bicicleta ao redor dos vinhedos ou vá com uma excursão. Acomodação típica é uma especialidade de Blenheim. Sua população é de 26.500 habitantes, tem Centro de Visitantes i-SITE e aeroporto doméstico.

D’Urville Island

A bonita Ilha de d’Urville Island em Marlborough Sound é um lugar para se ficar longe de tudo. Caminhe, ande de bicicleta, pesque e mergulhe neste paraíso ao ar livre. A viagem para d’Urville Island é quase tão empolgante quanto a própria ilha. Se você chega através de estrada ou através do mar, você será cercado pela paisagem espetacular de Marlborough Sounds. Trilhas o levam por floresta tropical para cachoeiras, piscinas de rio e vistas enormes. Mountain bikes são bem-vindas. Acomodação é limitada, acessível através de táxi de água.

Renwick

Visitantes para Renwick têm uma coisa em suas mentes – vinho. Alugue uma bicicleta e pedale de vinhedo a vinhedo; deixe os vinhedos o tentar com as degustações. A cidade é pequena, mas há Bed & Breakfast, cabanas e vários outros tipos de acomodação que se espalharam ao redor do distrito. Muitos vinhedos oferecem degustação de vinho como também almoço e o janta.

85% do Sauvignon Blanc da Nova Zelândia é produzido aqui; Pinot Noir é a outra especialidade da região. Tem uma população 1.900 habitantes, centro de informações, lojas básicas e serviços e aeroporto doméstico (Blenheim).

Praias em Marlborough

Robin Hood Bay

Um beach break com marés que variam em uma ondulação de sul com bancos de areia. Located 20km NE of Blenheim on a Sealed and gravel road. Ondução ideal de sudeste/leste de 2 a 5 metros e ventos de noroeste/oeste.

Whites Bay

Uma praia de areia dourada que se inclina suavemente no oceano e é ligada ao norte e sul através de pontais rochosos. A baía é protegida de puras ondulações de sul e ondulações de norte devido ao litoral mais largo na região de Marlborough, assim o surfe normalmente é de um tamanho controlavel. Rarangi Surf Life Saving Club fica situado ao ponto central da baía, no ponto de acesso principal para a praia. Há boas instalações com acesso para cadeira de rodas para a praia.

Whites Bay tem um beach break que é melhor surfado nas ondulações de sudeste/leste de 2 a 5 metros e ventos de noroeste/oeste. É um pioco popular de surfe na região quando a onda estiver rolando, porém esta não é uma ocorrência consistente.

Clarence

Um point break de direita consistente localizado ao fim Norte do aeroporto em Kaikoura a 35km da cidade. Marés dependem de tamanho da ondulação. Melhores condições de surfe com ondulação de sul/sudeste entre 1 e 2 metros e ventos de sul/sudoeste quando ocorre o terral.

Mangamaunu

Um point break de direita consistente que é bom em todas as marés. Ondulação ideal de sul/sudeste de 1 a 3 metros e vento terral em ventos de sudoeste para noroeste. Localizado 16km norte de Kaikoura.

Fonte: www.surf.co.nz

Viagens de um dia por Marlborough

A magia dos estreitos de Marlborough Sounds

Estendendo-se para fora no Oceano Pacífico como dedos de uma mão de boas-vindas, os Estreitos de Marlborough Sounds são compostos pelo Queen Charlotte, Kenepuru e Pelorus Sounds. Esta coleção de vales de rio afogados são umas maravilhas naturais, criadas quando as montanhas afundaram em movimentos de terra e o mar fluiu para dentro dos vales. Limitado por montanhas arborizadas que sobem quase verticalmente da extremidade da água, os estreitos são um verdadeiro destaque cênico. Eles podem ser explorados de Picton ou Havelock. Você pode velejar, passear de caiaque ou barco ao redor das praias, angras e pequenas baías. Restaurantes encantadores e chalés de acomodação fazem sua permanência inesquecível.

The Pacific Coast Highway

Esta impressionante rota de estrada para Kaikoura se aperta entre as cadeias de montanhas litorâneas e o oceano. Vista marítima largamente aberta, dunas de areia onduladas e praias indomadas são flanqueadas através de montanhas rochosas.

Lake Grassmere é um destaque cênico artificial. Os lagos de evaporação de água do mar (às vezes rosa e roxo) são a fonte principal de sal da Nova Zelândia.

Confira a colônia de focas no isolamento indomado da praia de Ward Beach ou siga a estrada lateral para um safári longe de um lugar povoado pelo interior do país.

Queen Charlotte Drive e estrada para French Pass

A oeste de Picton está a famosa rota Queen Charlotte Drive, um caminho inacreditavelmente cênico para dirigir para Havelock e Nelson. Esta estrada passa seu caminho através de floresta nativa, oferecendo visões freqüentes do interior de Queen Charlotte e Pelorus Sounds. Para uma experiência totalmente escapista, pegue a estrada para French Pass com seu minúsculo povoado litorâneo e a ilha de D’Urville por perto. Separada por uma passagem de canal sem igual, estas duas comunidades oferecem paisagem de retrato, pesca soberba, paz e tranqüilidade. A estrada para French Pass começa em Rai Valley.

Como se locomover em Marlborough

Marlborough pode ser alcançado por estrada, ferrovia, mar ou ar. A localização central da região torna-se fácil de acrescentar a qualquer itinerário. Para muitos visitantes, alugar uma bicicleta resolve o problema de transporte local.

Linhas aéreas domésticas operam com horários marcados de chegada e partida de Marlborough várias vezes ao dia, com vôos todas as horas por volta de 7hs às 21hs. A região tem dois aeroportos comerciais: o aeroporto principal fica situado só 10 minutos oeste de Blenheim em Woodbourne; Aeroporto de Picton fica situado em Koromiko na SH1.

A rodovia State Highway 1 passa através de Blenheim, o centro principal de Marlborough. A rodovia liga a região ate o serviço de ferry para Ilha Norte em Picton. Você também pode chegar a Marlborough do oeste pela Rodovia State Highway 6. A State Highway 63 vai de Blenheim até o Nelson Lakes National Park.

Dois operadores de ferry (balsa) transportam os passageiros e veículos pelo estreito de Cook entre Picton e Wellington.

O Tranz Scenic serviço de trem opera entre Picton e Christchurch, passando por Blenheim e Kaikoura.

Uma vez na região, você pode escolher entre uma variedade de modos de transporte. Opções de transporte por terra incluem transportes públicos e táxis como também carros de aluguel, motor-home e bicicletas. Numerosos negócios oferecem excursões programadas e feitas sob encomenda.

Ao redor das vias fluviais de Marlborough Sounds, serviços de táxi por água com horários marcados e barcos fretados podem levá-lo à maioria dos destinos.

O que ver e fazer em Marlborough

Em Picton os operadores locais podem levá-lo para um cruzeiro, pescaria, para assistir golfinhos ou andar de caiaque no mar. Também há um museu marítimo flutuante e um aquário. The Queen Charlotte Track é a atração local principal; você pode explorar isto a pé ou em uma bicicleta. Faça uma eco-excursão de “mitos e lendas” de Marlborough Sounds com uma família de Maori local.

Mergulhe por naufrágios. Escolha entre o navio de linha regular de cruzeiro russo Mikhail Lermontov e os destroços do Hippalos, um navio de madeira de 120 anos.

Relaxe em um café à margem d’água, provando a culinária local e imerso no ambiente da marina vizinha.

Blenheim é a base para começar suas explorações dos vinhedos de Marlborough. Visite alguns dos 70 vinhedos em uma excursão ou ande de bicicleta pelo caminho dos vinhos na rede do ciclo do vinho. Passe uma manhã de domingo comprando maravilhosos produtos locais frescos na feira dos Fazendeiros (Farmers Market).

O porto encantador de Havelock era uma vez uma cidade de mineração de ouro prosperando. Hoje é uma base para promoção de explorações para os Sounds. Visite a histórica mina de ouro do distrito municipal de Canvastown, o esplendor cênico de Pelorus Bridge Reserve e Rai Valley rural. Siga a trilha de Nydia Track até Tennyson Inlet. A caminhada leva dois dias.