Quanto Custa?

Nova Zelândia Brasil

Intercâmbio e Cursos para Estudar e Trabalhar na Nova Zelândia

Queenstown

Capital dos Esportes Radicais, é procurada para aprendizado da língua inglesa em conjunto a prática de ski, snowboard e outros esportes radicais.

A famosa Queenstown

Conhecida mundialmente por ser “A Capital dos Esportes Radicais”, é procurada para a prática de esportes como: ski, snowboard, skydive, paragliding, rafting, bungy jump (este último sendo criado na cidade), entre outros – e por estudantes internacionais para aprimoramento da língua inglesa. Favorecida pela sua localização e relevo, está rodeada por um cadeia majestosa de montanhas onde se localizam muitas estações de ski. Com bons ventos e por ser banhada pelo límpido Lago Wakatipu, torna ideal as condições para a prática de esportes náuticos.

Apesar de ser uma cidade pequena, com uma população de aproximadamente 20 mil habitantes, é muito badalada, com muitas festas, restaurantes com culinária internacional e shoppings, triplicando sua população nas altas temporadas e gerando boa oferta de empregos, principalmente a estrangeiros. Famosa também por suas belezas naturais, a cidade foi set de filmagens para diversos filmes, entre eles: a trilogia, O Senhor dos Anéis, e As Crônicas de Nárnia. Queenstown é uma ótima opção para quem quer unir esportes, festas e ainda estudar inglês numa cidade tranquila.

As primeiras pessoas a descobrir a beleza rara de Queenstown foram os Maoris caçadores de Pounamu (pedra jade). Então vieram os mineradores de ouro, procurando outro tipo de tesouro. Hoje Queenstown é entesourado pelo seu magnifico cenário, oportunidades de aventura e estilo de vida de luxo. Queenstown é assim nomeado em homenagem a Rainha Victoria.

Dias de verão longos douram a grama, lançando as colinas abertas a mountain bikers e hikers. O vermelho e amarelo brilhante de outono colorem as árvores, inspirando igualmente fotógrafos e jogadores de golfe.

Inverno em Queenstown

No inverno, a neve transforma a região num incrível playground alpino para os esquiadores e snowboarders. A primavera traz o estimulante verde fresco à paisagem – tempo para celebrar a vida com um cruzeiro no lago ou um salto revigorante de bungy jump. Em qualquer estação, você pode contar com acomodação elegante, lojas de designers e experiências culinárias incríveis. A área compacta do centro da cidade de Queenstown é um centro cosmopolita tranqüilo durante o dia e tem enorme diversão à noite.

A área central de Queenstown cobre menos de 2 quilômetros quadrados. A maioria das lojas e restaurantes esta a uma curta caminhada de distância.

Você não vai precisar de terno ou gravata em Queenstown. Porém esteja preparado com roupas quentes – o tempo na montanha pode mudar rapidamente.

Outras atividades

Queenstown é a terra do Bungy jumping. AJ Hackett criou o primeiro salto disponível comercialmente, o Kawarau bridge, que continua funcionando hoje. Desde aquele primeiro local em 1988, saltar de bungy jumping se tornou um fenômeno mundial e agora existem numerosos locais para se escolher na cidade.

http://www.activenewzealand.com/queenstown.php?PHPSESSID=fb137fd73120f65d154cab8856dd52b9

Atividades de aventura incluindo esportes de neve, bungy jumping, jet boating, trilhas a cavalo e rafting de rio são os passatempos em Queenstown. Experiências prazerosas incluem excepcional comida e vinho, cruzeiros em lagos, tratamentos de spa, lojas e butiques e tranqüilas partidas de golf. A população da cidade é de 7.500 habitantes, possui i-SITE Centro de Visitantes e aeroporto domestico.

Alexandra

De Alexandra, trilhas de caminhadas e vinhedos de Pinot Noir de Central Otago chamam. Esta cidade tem uma historia com ouro, datada dos anos 1880. No verão e outono, experimente as frutas locais damascos, pêssegos, cerejas e maçãs. A população local é de 4.500 habitantes, possui i-SITE Centro de Visitantes, completa variedade de lojas e serviços.

Balclutha

A tranqüila cidade de rio de Balclutha é memorável por sua ponte de concreto em arco, sob a qual passa o poderoso rio Clutha River. Para um gosto da vida na fazenda, experimente uma acomodação em farmstay local. População de 4.100 habitantes, a cidade possui i-SITE Centro de Visitantes e acomodação limitada.

Cromwell

Cromwell foi estabelecida por mineradores de ouro, mas agora seu tesouro são as frutas. Explore cidades fantasmas próximas e absorva a paisagem de lago tranqüila. Locais de mina de ouro antigas incluem Bannockburn e Bendigo onde você encontrará ruínas das cabanas dos mineiros. A população é de 2.700 habitantes, tem Centro de Visitantes i-SITE e centro de lojas.

Oamaru

Oamaru Harbour é casa para uma colônia de pequenos pingüins azuis . Você também pode ver pingüins de olho amarelo de uma pele especial. Para olhar os pingüins a melhor hora é antes do pôr-do-sol quando os pingüins bamboleiam pela praia preparando-se para ficarem confortáveis durante a noite. Os jardins botânicos em Oamaru são amplamente aclamados. Eles incluem uma casa de verão Vitoriana e um jardim oriental. A população é de 12.000, tem i-SITE Centro de Visitantes, boa variedade de lojas e serviços.

Wanaka

Inverno é uma época movimentada em Wanaka, e a cidade se enche de fãs de esportes da neve. Os locais de neve incluem Treble Cone, Cardrona e Waiorau. Wanaka também é uma base à mão se você quiser caminhar ou escalar no Mount Aspiring National Park.

Lake Wanaka é um lugar para se fazer uma respiração profunda e relaxar. Protegido do mundo externo pela grandeza das montanhas, você está incluso em um paraíso escondido. Lago de água cristalina banha a costa da cidade de Wanaka e os pés dos Alpes Neozelandeses, que é a casa para os campos de esqui de inverno e do dramaticamente alpino Mount Aspiring National Park.

Lake Wanaka é o quarto maior lago da Nova Zelândia; suas águas azuis, limpas são um mar no interior do país para os navegadores e jetboaters explorarem. Trilhas para caminhadas e a cavalo vagam pelo plano e pelos pés das montanhas. Em todas as estações, acenam aventuras ao ar livre.

As fortunas da região mudaram com o passar dos anos. A descoberta do ouro em 1870 inspirou a corrida pelo interesse na área. Quando o ouro decaiu, agricultura rural alta se tornou a maior fonte de emprego. Hoje, o turismo é o ouro novo – um empenho que requer o ambiente para ficar perfeito o quadro. A população é de 3.500 habitantes, possui i-SITE Centro de Visitante e larga variedade de acomodação.

Milton

Procure a histórica Old Sod Cottage (Cabana de Gramado Velha) quando você dirigir pela cidade rural de Milton. Construída nos dias da corrida do ouro, tem mais de 140 anos. A área tem varias farmstays, oferecendo a você a chance de experimentar a vida em uma comunidade rural. A população é de 1.920 habitantes, tem lojas básicas, centro de informação e acomodação limitada.

Viagens de um dia

Lagos por onde você olhar

Séculos de ação glacial fizeram os Lagos Wanaka e Hawea. Descubra a perfeição cênica deles fazendo mountain biking pelas trilhas altas, paragliding em cima das colinas, turismo via aérea ou caminhando pelas muitas trilhas.

Fique alto em Mount Aspiring

A jóia da região é seu ponto mais alto, Mount Aspiring (3,027 metros) que se aconchega confortavelmente em um dos maiores parques nacionais do país. Procure dentro dos limites do parque e descubra um mundo raro.

Queenstown

Com duas montanhas, Coronet Peak e Remarkable’s dentro de 30 kms da cidade e proporcionando uma das melhores neves para se esquiar na Nova Zelândia e Austrália. Um dia é pouco depois que você experimenta esta emoção. Equipamento completo de esqui e snowboard para alugar assim como escola de esqui com instrutores internacionais top a disposição assim como heli-skiing (para os mais experientes) para alcançar alguns pontos de magia branca intactos.

Como se locomover em Otago

Pela Estrada

Dirija para Central Otago do norte na State Highway 8; do sul pela State Highway 6 ou 8; do oeste na State Highway 6; ou do leste na State Highway 85 (conhecida pelos locais como a ‘Pig Root’).

As seguintes companhias provêem serviços regulares de ônibus para Central Otago de Dunedin, Queenstown e Christchurch: Intercity, Atomic Shuttles, Southern Link.

Uma vez em Queenstown, locomover-se ao redor é fácil. Se você chegou pelo aeroporto você pode pegar um ônibus ou minivan para a cidade por apenas alguns dólares. Fale para o motorista da minivan onde você quer ir e ele gentilmente o deixara na porta do lugar. O ônibus têm paradas prescritas através da cidade. Os táxis são um pouco mais rápidos, porém mais caros.

Uma vez que você estabeleceu sua base em Queenstown, dirigir por si próprio é o modo mais fácil para explorar a região.

O serviço de ônibus da cidade opera pontes regulares para e do aeroporto, entre a área de lojas de Queenstown e Frankton e pelas áreas suburbanas. Também há serviços de ônibus ligando Arrowtown, Glenorchy e Wanaka com Queenstown.

Da maioria das acomodações em Lake Wanaka, você esta a uma curta distância de caminhada para as lojas e restaurantes. Há serviço de táxi; carro ou bicicletas para alugar. Se você precisar viajar para fora da cidade, provedores de transporte oferecem serviços diários para os destinos mais populares.

Pelo Ar

O aeroporto mais próximo de Central Otago fica em Queenstown, pouco mais de uma hora de distância. Queenstown international airport é bem servido pela Air New Zealand e Qantas. Air New Zealand voa direto de Sydney e Melbourne o ano todo e estende este serviço para abranger Brisbane no inverno. Qantas também oferece serviços de inverno de Sydney e Brisbane. Domesticamente, Queenstown conecta-se com todos os maiores centros.

Você pode alugar um carro no aeroporto ou pegar uma shuttle para Queenstown e conectar com uma linha de ônibus para Cromwell ou Alexandra.

Locomovendo-se ao redor de Central Otago

Um carro alugado ou motor-home dará a você independência e flexibilidade para explorar Central Otago no seu próprio tempo. Mountain bikes podem ser alugadas em Clyde, se você planeja fazer a “Rail Trail”.

Operadores de excursões locais podem levá-lo ao redor dos vinhedos, pontos históricos e atrações naturais da região.

O que ver e fazer em Otago

O ambiente selvagemente excitante de Queenstown é irresistível para os que procuram aventura. Na “Capital Mundial da Aventura” você encontrará emoção e adrenalina, façanhas de sanidade reduzida do tipo mais extremo.

Não perca o festival de inverno de Queenstown no começo de Julho, um evento anual com fogos de artifício, bandas e muitos eventos que todos podem participar.

Queenstown ira desafiar você a sair de sua zona de conforto. Estale pelo ar prendido a instrutor de skydive, hang glider, parapente ou bungy. Faça jet boating, rafting ou canyon swinging. Queime alguma energia com ice skating, esqui ou snowboarding.

Todo visitante em Queenstown deveria caminha ou passear em algum lugar alto. Do topo de quase todos os montes, vistas impressionantes esperam. Suba em Queenstown Hill ou Ben Lomond para vistas fantásticas de Queenstown e depois ande de Skyline Gôndola para uma foto clássica de cartão postal ao longo do Lake Wakatipu e Queenstown para a cordilheira de The Remarkables.

Pegue o arco-íris no Lake Wakatipu . Você pode pescar truta arco-íris, truta marrom e salmão o ano todo. Licenças podem ser adquiridas na cidade e guias podem levá-lo aos melhores lugares de pesca.

Gibbston Valley Wines , o primeiro vinhedo comercial de Queenstown, é conhecido por almoços e degustação de vinhos seriamente bons. Você também pode excursionar por sua caverna de vinho e fabrica de queijo.

Divirta-se em uma partida de golf. Queenstown possui quatro courses, incluindo o mundialmente famoso Millbrook.

Se você viu a trilogia do Senhor dos Anéis, você já esta familiar com alguns dos mais pitorescos lugares de Queenstown. Fãs irão reconhecer o Ford of Bruinen, Dimrill Dale, Ithilien, Isengard, Lothlorien, Amon Hen e the Pillars of the Kings. Vários operadores conduzem excursões especializadas dos locais de filmagem de “The Lord of the Rings”. Estas excursões estão se tornando progressivamente populares entre os fãs de O Senhor dos Anéis; eles também são ótimos para aqueles que somente querem ver o magnífico interior do país.

Em Alexandra no verão, visite um pomar de fruta local – damascos e cerejas são a especialidade da região. No inverno, faça ice skating no Manorburn Dam – são 30 hectares de gelo natural.

Em Roxburgh Lake Roxburgh é um ótimo local para caiaque, jet boating, skiing ou simplesmente velejar, trilhas para caminhadas vêm em todos os formatos e tamanhos – curtos, longos, íngremes, planos, sinuosos, retos – porém elas são todas interessantes e bonitas. Existem rotas para mountain biking e caminhadas em volta do vale – contate o Lake Roxburgh Lodge para alugar uma bicicleta. Pesque salmão ou truta no rio Clutha River qualquer dia do ano.

A represa de Clyde é a terceira maior estação hidroelétrica da Nova Zelândia. Um feito surpreendente de engenharia.

No inverno, o esporte escocês Curling (parecido com bocha, mas que é jogado com pedras grandes polidas que deslizam sobre o gelo) é jogado regularmente em Maniototo Ice Rink perto de Naseby. Procure por St Bathans, uma aldeia pequena histórica de mineração de ouro com famoso hotel assombrado e incríveis lagos artificiais.

Os parques nacionais de Fiordland e Mount Aspiring são de fácil acesso. Ambos os parques oferecem uma variedade de caminhadas de meio ou dias inteiros.

O lago, as montanhas e as pistas de ski em volta de Wanaka providenciam uma extensão infinita para diversão e aventura.

Terra maravilhosa de esportes de inverno. A região do Lake Wanaka é um destino completo de esportes de inverno. Cardrona e Treble Cone são pistas de ski clássicas, heli skiing acontece alto nas montanhas de Harris Mountains e tem esqui escandinavo em Snow Farm. Lake Wanaka é também um playground para velejadores, ski-aquático, caiaquers e wind surfers.

Em Stuart Landsborough’s Puzzling World você se perderá em um mundo de quebra-cabeças e labirinto.

Do Lake Wanaka você pode seguir a Southern Scenic Route, em volta de Catlins Coast, tanto para Invercargill como para Te Anau.